Vivendo de Nostalgia.
Era tudo muito superficial, razo e sem desfecho. Eu queria o extremo, a profundidade, o limite; como se fosse o meu último suspiro.
Nasci para ser dramática mesmo, chorona mesmo, sensível mesmo; mas me poupe desses dramas alheios. Não tenho paciência.”
Thiara Macedo. (via evidence-s)